astrespiramides

astrespiramides

sábado, 13 de outubro de 2012

MADEIRA
MADEIRA

Entrei na sala contigua dos pensamentos estava escura, cheirava a mofo, senti um arrepio percorrer-me o corpo já ali tinha estado outrora, vi uma menininha, não havia bonecas, só vozes, actos de maldade, dor e medo, a criança quase não falava escondia-se calada dentro dela como fechada num casulo para passar despercebida, mas não passava, então aprendeu a sonhar, nos contos de fadas que lhe contavam ela era sempre a princesa aprendeu a sofrer em silêncio pois sabia que um dia o príncipe a havia de salvar das masmorras e seria feliz para sempre, mas um dia descobriu que os sonhos são fantasias mas ainda assim ajudam a viver e nunca deixou de sonhar.

Poste e fotos de Luna

12 comentários:

  1. Profundos encontros na sala dos pensamentos...Ainda bem que nunca os sonhos faltaram. Linda inspiração e belas fotos! beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Como diz o poeta " O sonho comanda a vida!" .
    beijinho e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  3. Lindos, poema e as fotos. Um abraço.
    Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  4. "Os sonhos são verdadeiros enquanto duram, e não vivemos nos sonhos?"

    Beijo.

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde Luna,
    Enquanto tivermos a capacidade de sonhar menos mau!
    E que o sonho continue a povoar a tua vida.
    Beijinhos e bom fim-de-semana.
    (Essas fotos são bem inspiradoras: fontes de vida!)

    ResponderEliminar
  6. Dona moça! kkkk Sonhar é bom, muito bom...

    Mas, tá na hora de fazer uma limpeza geral no pensamento e deixar só coisas boas, né não?

    Belo texto!

    O Sibarita

    ResponderEliminar
  7. Luna,sempre maravilhosas imagens por aqui!Adorei o seu texto que comove e percebemos que nem toda infancia é feliz,mas os sonhos podem surgir para todos!bjs e bom domingo!

    ResponderEliminar
  8. Ainda bem que a menina nunca deixou de sonhar...
    Lindas fotos! Estive na Madeira uma vez e adorei, o povo é maravilhoso!
    Quem me dera que a distância não fosse tão acentuada...

    ResponderEliminar
  9. .


    Enquanto ela emagrecia ele
    enlouquecia. Pirava de inveja
    e de ciúmes.

    Domingo, no meu blog.

    Espero você lá.

    Um beijo,

    silvioafonso







    .

    ResponderEliminar
  10. pois é querida Luna
    o sonho é nosso e será sempre nosso se quisermos.
    e que seria da vida sem os nossos sonhos?
    um beij

    ResponderEliminar
  11. Acreditar sempre apesar de tudo vale a pena sonhar ,quando pararmos de sonhar mais vale morrer , a nossa vida deixa de fazer qualquer sentido,beijo Luna.

    ResponderEliminar
  12. Retractos do paraíso, nas fotografias. A Madeira é encantadora e os planos são lindíssimos.
    «O sonho comanda a vida», como escrevia o Pessoa, com um senso poético.
    Acredito que os sonhos, nesse contexto, na vida, são importantes.
    Fico do lado do «personagem» e a desejar que os sonhos amenizem as arestas da infância e suas memórias.
    Beijinho

    ResponderEliminar