astrespiramides

astrespiramides

sábado, 27 de abril de 2013

chegadas e partidas




Chegou e partiu
E na partida plantou um desejo
Partiu, e chegou,
E na chegada plantou um beijo
Chegou e partiu
E na partida plantou uma vida
Partiu e chegou
E chegando ficou
Porque tudo o que plantou floriu
Poema e fotos Luna
 

11 comentários:

  1. Lindo e assim vale a pena!!! beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde, Luna. As sementes que jogou ao solo fecundaram e assim puderam viver uma vida saudável de raízes fincadas ao solo fértil.
    Beijos na alma e paz!
    Lindo!


    A votação do PRIMEIRO CONCURSO DE POESIAS "PENA DE OURO" do blog "BICHO DO MATO" irá até o dia 04/05/2013.
    Concorro com o poema "DAMA MALDITA!"
    Para votarem, é só clicar no círculo à direita do blog ao lado do poema!
    Para comentarem, cliquem no link do poema!
    Votem a vontade!
    Obrigada e beijos na alma!


    http://blogdobichodomato.blogspot.com.br/2013/04/dama-maldita.html

    ResponderEliminar
  3. Olá Luna e haverá coisa mais bela do que ver as sementes plantadas a florir? Mesmo que partam, deixam o aroma.
    Belíssimo poema e fotos. Beijinhos Ailime

    ResponderEliminar
  4. Lindo minha querida!
    Quando vimos as sementes florirem é reconfortante.
    bom fim de semana princesa

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  5. Oi Luna
    Quando há partidas desejamos que haja chegadas,
    e se for assim com beijos o amor florescerá!
    lindo poema Luna
    abraços

    ResponderEliminar
  6. Belíssimo Poema, na sua encantadora simplicidade.
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
  7. Gostei desta sua postagem...
    Um ótimo poema.
    Desejo-lhe uma feliz semana.
    Um abraço cá deste "meu" Algarve - Portugal.
    http://umraiodeluzefezseluz.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Lindo e muito verdadeiro!! Deixando um grande abraço e desejando um belo domingo!!
    jorge-menteaberta.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  9. Assim e a vida de cada um de nos semeamos para colher depois ,pelo meio apenas precisamos de a tratar e regar de modo que floresça e de um bom fruto.Lindo poema ,beijinhos Luna

    ResponderEliminar
  10. Lindo! Muito, muito bom! Senti-me a bailar enquanto lia o poema e as fotografias são um encantadoras.
    beijo

    ResponderEliminar