astrespiramides

astrespiramides

quinta-feira, 7 de junho de 2012


Adentrei-me no bosque
ritmado do amor
sucedâneo do diáfano sentir
entre murmúreos complexos
a folhagem afagava a acalmia das águas
onde pontes cruzavam
as janelas  da vida.

Fotos e poema-Luna




22 comentários:

  1. um poema curto e uma homenagem à natureza e às águas.

    as fotos muito belas.

    um beij

    ResponderEliminar
  2. Minha querida Luna

    Por vezes é tão difícil atravessar essas pontes.
    Como sempre lindo o poema e fotos.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  3. O bosque do amor é uma bela imagem. Assim como aquelas que o ilustram.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Viajo nas tuas palavras e nas fotos sonho. Beijo.

    ResponderEliminar
  5. Continuas no teu melhor nas palavras e nas fotos!

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Oi Luna
    Paisagens que despertam poesia e voce sabe bem!
    Belas e calmantes.
    boa semana , um lindo sábado
    abraços

    ResponderEliminar
  7. 'O bosque ritmado do amor'.
    És uma poetisa linda!
    Que palavras te escorrem pelos dedos.
    Fico sem reação.
    um beijo

    ResponderEliminar
  8. Sempre me encanto ao passar aqui!beijos,lindo fds!chica

    ResponderEliminar
  9. Que fotos lindas. Pra mim foi impossível não pensar na pessoa que eu gosto, visitando um lugar assim sossegado comigo haha
    Bjs!

    ResponderEliminar
  10. Óptima conjugação entre texto, imagens e música: Parabéns!

    Um bom fim de semana te desejo, linda.

    ResponderEliminar
  11. Lindo Luna, fotos e versos que acalmam o coração.
    Ando meio ausente dos blogs amiga, cuidando mais da minha vida aqui fora, mas não deixo de visitar os amigos pelo menos 1 vez na semana!
    Beijos em seu coração!

    ResponderEliminar
  12. Uma homenagem à beleza na conjugação perfeita das palavras e imagens!
    ... e também a uma certa serenidade que perpassa por todo o post!
    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  13. Estados de alma são em si florestas densas e misteriosas.
    Cantar estas coisas em poemas é uma arte reservada aqueles que sabem escrever com os sons e a luz que saem do bosque

    ResponderEliminar
  14. Poema e fotos muito lindos,Luna!bjs e meu carinho!

    ResponderEliminar
  15. Se resumisse este poema, diria apenas: PAZ!

    Um beijo

    ResponderEliminar
  16. Lindo poema e belas fotos, minha amiga!!
    Um ótimo domingo!!
    jorge-menteaberta.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  17. Linda a imagem e o poema suave.
    Bom domingo beijo

    ResponderEliminar
  18. como de costume
    excelente poesia.
    Obrigado pela partilha.

    PONTES CRUZAVAM
    AS JANELAS DA VIDA
    ...
    beíssima asociação de imagens
    ao pequeno excelente poema.

    O que proponho
    é aliar bons momentos ao sabor de um excelente vinho.

    Não sei se és boa apreciadora,
    mas indo até Palmela poderás provar o famoso moscatel.

    Em Palmela
    Junho arranca com o
    Festival do Moscatel,
    a ocupar o Largo de São João de sexta a domingo.

    Mostra, prova e venda de Moscatel de Setúbal e Moscatel Roxo, inserida no programa Palmela - Cidade Europeia do Vinho 2012.

    E como se não bastasse a doçura do próprio vinho,
    serão conhecidas ligações do moscatel à doçaria,
    ao chocolate, à gelataria
    e haverá ainda oportunidade de pôr à prova a sua utilização em cocktails.

    No programa, ainda um lançamento especial:
    o dos Bombons de Moscatel de Setúbal.

    Nesta iniciativa, que contará com a presença de todos os produtores da Península de Setúbal,
    haverá também workshops,
    provas comentadas por enólogos, exposições e animação musical.

    O festival estreou-se em 2009 e volta agora numa organização conjunta da Câmara de Palmela,
    a Associação da Rota de Vinhos da Península de Setúbal/ Costa Azul e a Comissão Vitivinícola Regional da Península de Setúbal.

    O evento insere-se no programa de Palmela - Capital Europeia do Vinho 2012 e celebra também o centenário do Moscatel de Setúbal.

    ResponderEliminar
  19. Suas fotos me fazem viajar, belo poema.tenhas um belo final de semana.
    bjs

    ResponderEliminar
  20. Convido-te a conhecer um Homem de papel
    Convido-te a olhá-lo num espelho de água

    Bom fim de semana

    Mágico beijo

    ResponderEliminar
  21. Olá Luna,
    Um poema que deixa emanar uma paz imensa emoldurado por duas fotos belíssimas!
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar