astrespiramides

astrespiramides

sábado, 17 de setembro de 2011

São mármores


São mármores
pedras frias e coloridas
que o tempo constrói
sobreviventes mórbidos
de histórias de vida
que o tempo destrói
narrativas escritas sem papel
em pensamento sem letras
neste mundo doce
com sabor a fel.

 poste de Luna


20 comentários:

  1. São mármores, pedras frias, que tudo registram...Lindo!
    Um beijo, ótimo domingo,chica

    ResponderEliminar
  2. Sempre tudo lindo por aqui com fotos maravilhosas e um belissimo texto!

    ***
    Um abraço e feliz domingo****

    ResponderEliminar
  3. Querida amiga,

    Seus versos deram vida e sentido as fotografias!


    Beijos com carinho Luna.

    ResponderEliminar
  4. Minha querida

    As fotos complementam a poesia linda...é nos mármores que o tempo e a vida se esvai.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  5. Mármores que perduraram para nossa satisfação!
    E que apesar de frios nos trazem a permanência da beleza...!

    ResponderEliminar
  6. Arquitetura presente , forte , dura.
    E bonita , elegancia poder beleza.
    E tens o dom de colocar em versos seus pensamentos de forma poética e brilhante.
    Abraços
    bom domingo

    ResponderEliminar
  7. Património do mundo e dos olhos. Muitos sofreram para construir, a eles a minhas homenagens. Beijo

    ResponderEliminar
  8. Mármores frios que nos acompanham na vida em belos monumentos e sob os quais repousamos no sono eterno.
    Um abraço e bom Domingo

    ResponderEliminar
  9. Luna
    As fotos e a poesia se completam.
    Adorei minha amiga.
    Beijinho bom Domingo

    ResponderEliminar
  10. Mármores que o tempo preserva e que contam histórias...Por vezes há que saber lê-las

    Belas as fotos

    Boa semana

    beijito da Gota

    ResponderEliminar
  11. São mármores que perduraram e nos contam histórias.
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Pinto rostos, o céu, a saudade
    Pinto mentiras, corações sem chama e verdades
    Pinto o Mundo muito à minha maneira
    E um barco carregado de puras saudades

    E apago o olhar para ver melhor
    Para sentir o dizer de um amarrotado papel velho
    O que vejo está muito para lá de sentir
    Nesta…Outra face do Espelho…

    Mágico beijo

    ResponderEliminar
  13. Como a vida se esvai nas construções frias de pedras escuras.
    Acabei de visitar alguns monumentos esta semana e senti isso mesmo. Nem sei dizer mais do que isso.

    Parece que cada pedra foi uma vida ali metida em silêncio e passando de mão em mão...

    ResponderEliminar
  14. é de muita verdade que as pedras têm e trazem vida...beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Olá, Luna!!
    É verdade..., os mármore são muito bonitos!
    Mas, quantas vidas se foram para construir
    essas edificações belíssimas.
    Na maioria das vezes, tudo que é bonito exige
    sacríficios, muitas vezes de vidas.
    Uma boa semana prá vc!!
    Bjs!!
    As arteiras

    ResponderEliminar
  16. Olá Luna!
    São marmores, sim são frias, são abandonadas mas Têm história, cada pedacinho tem a mão de alguém que por lá passou.
    não gosto de marmore, faz-me lembrar passados... coisas antigas... não gosto de museus,dá-me um frio na espinha, é como se estivesse fechada dentro do passado...
    mas gostei das tuas fotos como sempre.

    um grande beijo meu com saudades tuas.

    ResponderEliminar
  17. Luna!

    O mármore é frio, mas é imponente e a tudo resiste. Como sua poesia linda !

    Beijos

    Mirze

    ResponderEliminar