astrespiramides

astrespiramides

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Um dia vai acontecer




Um dia vai acontecer,
não sei quando
e nem é importante,
mas não quero que esse momento
seja disforme sem sintonia,
meu corpo vai estar gélido
e de olhos fechados
vou divisar a eternidade,
vou ver mais alem
 do que em vida vi
mas gostava,
sim, gostava muito
que quando o cordão de prata
os céus  cortarem
e a minha alma se libertar
o corpo inerte tenha ajudado
pela sintonia do amor
a elevar a essência do Ser.

Poema e fotos Luna

18 comentários:

  1. Fotografias e poemas lindos, como aliás já nos habituaste. Pensa positivo.
    Beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Lindo como sempre Luna, e as fotos maravilhosas também, especialmente a segunda.
    Beijos e bom fim de semana pra ti!

    ResponderEliminar
  3. Moça que lindo.
    Mas quero que demore bastante.
    Luna... Desculpa a demora.
    Gosto muito de ti.
    A imagem está dez!

    Beijinho amada.

    ResponderEliminar
  4. Lindo este poema, mas confesso que tudo no que se refere a " grande viagem " , me toca de alguma forma, pois lembro dos meus pais que já se foram.
    A segunda foto esta linda, cores muito bonitas nesse dourado intenso.
    bjs netunianos

    ResponderEliminar
  5. Lindo,.lindo passar aqui faz bem! beijos,ótimo fds,chica

    ResponderEliminar
  6. Minha querida

    Hoje passando apenas para te dizer que estou de volta e melhorando.

    Beijinhos com carinho

    ResponderEliminar
  7. Nossa, Luna. Fiquei arrepiada com o seu poema. Maravilhoso. Peço autorização para postá-lo no Arca, com as devidas indicações de autoria e blog. Beijos.

    ResponderEliminar
  8. OLÁ LUNA

    Lindo poema,
    MUITO REALISTA
    nunca me lembraria de escrever sobre esse momento que irá chegar a todos nós...
    mas prefiro não pensar nele.

    As lágrimas correram porque veio à memória pessoas muito queridas que fui perdendo.

    BELA SEQUÊNCIA DE FANTÁSTICAS FOTOS.
    ADOREI.

    Vai aparecendo nos meus 2 blogues.
    Beijos da Ester (Tulipa)

    ResponderEliminar
  9. Luna

    Que ante-visão esta!
    Que Poema realista, Amiga. Que as fotos nos façam pensar em novos Mundos mais... vivos.

    SOL

    ResponderEliminar
  10. Um poema de uma serenidade imensa... aliado a umas fotografias que lhe acrescentam a paz da beleza!

    ResponderEliminar
  11. Luna, minha querida. Obrigada pela gentileza. O dia que postar, te aviso. Beijos.

    ResponderEliminar
  12. Luna. Voltei para lhe dizer que a publicação será hoje às 18 horas. Mais uma vez, grata. Beijos.

    ResponderEliminar
  13. Conheço o Curral das Freiras, o Lombo da vaca ou do D. , conheço a Madeira de ponta a ponta...

    Um dia a tua verdadeira essência será algo de puro e belo, tão belo que nem podemos imaginar...

    Luna, és uma nina linda, és poesia e amor.

    beijinho da laura

    ResponderEliminar
  14. Lindo!

    Belchior costuma dizer que tudo tem razão de mudar. Então que a gente esteja melhor pro melhor.

    Bjs!

    ResponderEliminar
  15. Querida amiga boa noite
    Vim pedir o seu votinho para a minha poesia
    Precisamos
    Link da votação

    http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com/

    para que o voto seja valido se votar no moral da poesia que fica abaixo das poesias, precisa fazer seu comentario deixar seu nome e seu link
    desde ja lhe agradeço de tudo o coração
    Tenha um lindo final de semana
    Maria Alice
    Bom dia amiga, vim agradecer a voce por sua linda presença no meu cantinho e fazer parte dos meus 200 seguidores! Venha pegar o selinho dos 200 seguidores que eu fiz com muito carinho. Tenha um lindo dia
    Abraço amigo!
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  16. Fotos, muito, muito lindas!

    Quanto ao poema, apenas tenho a dizer que essa é a única certeza que temos na vida, e você a disse de um modo magnífico. Parabéns!

    Te desejo uma linda semana, amiga.
    Repleta de Paz e Luz.

    Abraço fra[terno]

    Cid@

    ResponderEliminar
  17. Lindas fotos!!
    Não sabemos quando e nem como.
    Mas, temos que nos preparar para quando acontecer. Para que ao chegar possamos
    flutuar e irmos ao encontro de nosso Pai Maior.
    Um bom domingo prá vc!!
    Bjs!!
    As arteiras

    ResponderEliminar
  18. Pelas minhas contas, tu vais viver até aos 130 anos (como eu...).
    Depois disso, continuarás viva na memória de muita gente durante muitos mais anos.
    Gostei muito do teu poema. Como sempre...
    Beijo, querida amiga.

    ResponderEliminar